4 Dicas para abrir uma loja de roupas

4 Dicas para abrir uma loja de roupas

abril 18, 2019 Off Por Redator

Um dos grandes segmentos do mercado que movimenta milhões de reais é a moda com as suas divisões de vestuário: roupas para adultos, roupas de jovens, roupas infantis, roupas da moda, roupas de bebê e muitas outras categorias que complementam as necessidades do ser humano.

No momento em que aproveitamos a oportunidade aprender como iniciar um negócio de moda, devemos levar em conta vários passos a serem tomados antes de empreender, para que a nossa ideia de possa seguir no caminho certo.

Muitas tarefas estão por vir nessa jornada, desde escolher o nome da sua loja, escolher o melhor fornecedor de roupas também, melhor ponto para vender, etc.

Se você deseja criar um negócio on-line ou offline, este artigo vai te ajudar!

PASSO 1 – Tipo de roupa e tipo de público

Muitas vezes encontro pessoas que querem investir em um negócio ou tem uma ideia lucrativa na área de moda, mas com o grande problema que querem vender “apenas um pouquinho”; e acabam terminando o negócio e não “ajustando” o investimento e os esforços de maneira coerente.

Nosso primeiro objetivo é decidir o tipo de roupa que queremos vender (por exemplo: roupas para jovem, para senhora, roupas esportivas, roupas infantis, roupas de moda para escritório, etc).

Ao decidir nossa abordagem, também estamos selecionando nosso “tipo do cliente alvo”; Isso nos ajuda a entender o gosto do nosso “prospecto”, bem como suas necessidades e assim desenvolvermos um “perfil/avatar” de comprador.

Bem… e qual é o uso disso tudo? A realidade é que este primeiro passo ajuda você a fazer um bom e claro investimento focado em um objetivo bem definido.

PASSO 2 – Definição de capital

Este ponto é muito importante não só porque você precisa ser muito claro com quanto vai investir, mas também para analisar se você precisa de um investimento adicional no médio prazo.

Hoje em dia, é muito comum para quem vende na internet vender com pré-ordem. Ou seja, o produto fica disponível na sua loja virtual e o cliente “o encomenda”, assim você pode comprar com seu fornecedor e enviá-lo.

Lembre-se que, se você planeja montar uma loja física, deve levar em conta o investimento inicial, aluguel, serviços, etc.

PASSO 3 – Onde será seu ponto de vendas?

Este é outro ponto muito importante, porque é necessário estar claro, de preferência, onde seu centro de vendas será localizado.

Se você já tem um ponto em mente, é necessário localizá-lo em um setor onde haja fácil acesso para o seu “público-alvo”, e quando digo acesso fácil significa que está nas ruas principais ou pelo menos que há acesso fácil a elas e também que tenha transporte público.

Se você conseguir este ponto em uma área comercial, será muito melhor.

Se você é um daqueles que não quer um lugar um espaço ou quer começar o seu negócio em casa, há também outras formas de venda, como a partir de sua própria casa.

Tenho visto muitos empreendedores que vendem “e se especializam” em produtos como: roupas de escritório para mulheres, roupas executivas para mulheres e homens, acessórios, jóias, roupas infantis, etc.

Este tipo de negócio tem o lado positivo que você não terá despesas adicionais desde que você não investe em um aluguel, mas você tem que começar a vender para pessoas que já conhecem e tem uma tendência de comprar de você.

Esta forma de vender baseia-se na confiança e torna-se um ponto a seu favor. Como você já sabe, um relacionamento de confiança pode encurtar o processo de vendas.

Você também pode tirar proveito de seus amigos e oferecer-lhes um desconto ou comissão para novos clientes.

PASSO 4 – Fornecedores

Tendo já esclarecido os pontos acima, agora é a hora de procurar “bons fornecedores”.

A primeira coisa que fazemos é procurar fabricantes ou distribuidores no mecanismo de pesquisa do Google ou por meio de conhecidos.

Esta primeira opção nem sempre gera os melhores resultados, porque para uma fábrica ou um distribuidor para lhe dar um preço bom, você deve comprar uma grande quantidade ou deve ter um relacionamento comercial para construir confiança.

Outra alternativa que muitos fazem é pesquisar em áreas comerciais da nossa cidade ou região onde conhecemos ou temos a ideia de que existem distribuidores atacadistas que vendem a um preço que lhe dá a chance de comprar em menor quantidade. Você também pode buscar por um representante comercial que representa marcas com as roupas que procura para a sua loja.

Conclusão: Espero que estas 4 dicas te ajude a começar o processo inicial da sua loja de roupas.